sayuri kashimura

sayuri kashimura

sayuri kashimura é de porto alegre, reside em curitiba e é minha amiga há anos. ela foi uma das primeiras meninas em que pensei para fazer uma mini entrevista, porque ela sempre está envolvida em algum projeto legal e sabe ser criativa em várias áreas. ela também fazia parte de uma...
esse coração não tem mágoas de ninguém - natalia mello

esse coração não tem mágoas de ninguém – natalia mello

(divagações e a calmaria da primavera) existe uma pausa na vida no momento as distrações estão distraídas os incômodos estão em exaustão existe o silêncio e a solidão plenos.  
entrevista manuscrita - natalia mello

entrevista manuscrita – natalia mello

os mais próximos de mim sabem o quanto uma carta, um bilhete manuscrito me fazem tremer de emoção – e sei que não sou a única. já estava pensando há tempos em como trazer isso pra cá e acho que finalmente encontrei um viés. gosto da ideia da demora, do...
das cantoras da minha vida, parte #1: fiona apple - ísis daou

das cantoras da minha vida, parte #1: fiona apple – ísis daou

Foi assim que eu conheci a Fiona Apple, lá pelos meus quatorze anos, com a sua celebrada Criminal: os primeiros versos da canção dizendo I've been a bad, bad girl… e a intensa, hipnótica sonoridade me conquistaram de imediato. Acho que só deixei de procurar mais da Fiona por causa...
ícaro yuji

ícaro yuji

ícaro yuji é residente de foz do iguaçu e fez faculdades de design gráfico, design de produto, belas artes e trabalha como ilustrador. pedi a ele uma entrevista para o site, por ver uma familiaridade com rostos femininos em seu trabalho, mas ver ele citar influências do dream pop para criar personagens...
keep in mind -  irana douer

keep in mind – irana douer

não me lembro quando foi a primeira vez que vi um trabalho da irana douer, ilustradora argentina nascida em 1984. mas lembro muito bem da imagem: o rosto de uma menina de cabelos cor de fogo, olhos fechados, boca manchada de batom, nariz sujo de sangue. na época, pensei ser só...
h&l - hannah kristina & landon metz

h&l – hannah kristina & landon metz

hannah e landon metz são um casal que quando definidos ou qualificados com palavras, ficam delimitados. só de escrever isso eu já fico toda confusa.
entrevista manuscrita #3 - jonia caon

entrevista manuscrita #3 – jonia caon

confesso que queria ter conhecido o trabalho (lindo e divertido!) da jonia caon, ilustradora, designer, arteira e artista, há muito mais tempo do que conheço, de fato. quando isso aconteceu, é claro que não consegui mais deixar de acompanhá-lo. os desenhos dela te pegam pelos braços (de maneira amorosa, óbvio)...
teoria e prática da tragédia ou todas as flores do mundo - matheus chiaratti

teoria e prática da tragédia ou todas as flores do mundo – matheus chiaratti

Todas as flores do mundo para todas as mulheres do mundo –  os espinhos correrão caminhos diferentes – enquanto pétalas desatarão em presenças flutuantes.  
a sustentável histeria de tereza - milan kundera

a sustentável histeria de tereza – milan kundera

tereza, a musa de a insustentável leveza do ser. aos olhos de kundera e de seus leitores: a doce, sensível e aspirante a fotógrafa do interior da tchecoslováquia. cabelos curtos, saias, vestidos fofos com botas, amante de cachorros, fã de tolstói e uma eterna apaixonada. aos olhos da psicanálise: histérica...
duas meninas trocam e-mails por 9 anos

duas meninas trocam e-mails por 9 anos

…e resolvem fazer uma entrevista de 20 perguntas uma com a outra, só por diversão, falando sobre nossa geração, desejos internos, futilidades essenciais.
my bloody valentine & a psique feminina

my bloody valentine & a psique feminina

frequentemente é dito que a arte que mais toca o inconsciente é a música. my bloody valentine é uma banda conhecida pelo shoegazing e a psicodelia, além de ser um ícone da contracultura. muitas vezes no som psicodélico, é impossível decifrar precisamente o que o cantor diz. é como aquela...
a word after a word after a word is power - sofia soter

a word after a word after a word is power – sofia soter

a capitolina inaugurou um espaço amigável para reflexões sobre os mais diversos assuntos, agrupados em temas mensais, e vem crescendo cada vez mais. uma das responsáveis por tudo isso é a sofia soter, editora geral da revista, carioca, fazedora-de-múltiplas-coisas-lindas-ao-mesmo-tempo, que sempre me inspira.
cosmos, glitter & muito amô - bárbara malagoli

cosmos, glitter & muito amô – bárbara malagoli

bárbara malagoli, ou baby.c, é brasileira e atualmente trabalha como diretora de arte e ilustradora. acompanho seus trabalhos há algum tempo, e nunca deixo de me impressionar com as cores e formas que dão vida a vibrantes, dançantes e incríveis personagens com um tom good vibes na minha timeline (felizmente,...
hystérie - a histeria na história da mulher

hystérie – a histeria na história da mulher

de bruxaria à possessão demoníaca, as mulheres foram acorrentadas a esses estigmas por séculos; eram perseguidas, queimadas na fogueira, enforcadas, exorcizadas e ridicularizadas em praça pública. a trancos e barrancos esses rótulos acabaram sendo substituídos pela histeria, a qual teve seu auge epidêmico no século XIX.    
como o amanhecer - noelle piasetzki pt. 1

como o amanhecer – noelle piasetzki pt. 1

noelle piasetzki reside em curitiba, cursa belas artes e arquitetura e faz arte easy on the eye ("fácil para o olho"), mas "fácil" não deve fazer parte da interpretação de seus trabalhos. o belo e o sincronizado representam a orientação estética deles, mas sinto que o que mais se aproxima...
A Forma do Mundo - Alba Yruela

A Forma do Mundo – Alba Yruela

O trabalho da catalã Alba Yruela é no seu todo um desejo de correspondência, porque enquanto imagens, suas fotografias são confissões e diários, relatos íntimos, mas como discurso alcançam um universo maior, extrapolam o privado, a experiência própria e constroem uma atmosfera de existência e silêncio.
instainspira - tamara spielmann younes

instainspira – tamara spielmann younes

a tamara spielmann younes é formada em desenho industrial pela PUC-PR e também estudou gestão de desenvolvimento de produtos na UTFPR. ela trabalha na meu móvel de madeira e mora atualmente em são bento do sul – sc. também é, na minha opinião, decoradora e stylist nas horas vagas. além...
"i am what you want to see, i show what i am not" - rita lino

“i am what you want to see, i show what i am not” – rita lino

rita lino foi atraída para o universo da fotografia tempos depois de ter iniciado seus estudos de design de multimídia na universidade da beira interior, em portugal. acho que li, uma vez, que o pai dela costumava fotografar, e deu a ela sua primeira máquina fotográfica.
sobrenós - mariana t. k.

sobrenós – mariana t. k.

serão cadáveres, essas palavras que insisto em cuspir pra cima? me despir. me vestir de acordo comigo e meu umbigo.  
mariana, a miserável

mariana, a miserável

ctrl + c e ctrl + v de várias entrevistas - algumas traduzidas - com a mariana, a miserável que além de xará, faz uns desenhos que têm me perseguido (de um jeito bastante amigável) ultimamente.
delicadezas de ana kraš

delicadezas de ana kraš

1 ana kraš é designer, ilustradora, fotógrafa, sérvia e casada com o devendra banhart. vou falar sobre o trabalho dela como fotógrafa e designer de móveis. ana é a inspiração em pessoa.  
na(s) pele(s) - paola alfamor & miso

na(s) pele(s) – paola alfamor & miso

"percebo a tatuagem como a abertura de um portal visual na pele, uma experiência realmente transcendental, um ritual muito intenso, em que entro em total meditação e canalizo toda minha energia para realizá-lo”. é o que diz paola alfamor...
sabrina gevaerd

sabrina gevaerd

entrevista com a sabrina gevaerd que mora em brusque e é designer desde 2010. não pude deixar de me apaixonar pelas mulheres de seus desenhos, sempre tão livres sexualmente, envoltas em uma aura colorida & florida de prazer e sisterhood.
francesca woodman

francesca woodman

a americana francesca woodman (1958 – 1981) começou ainda pequena a explorar o universo feminino, enquanto passa desenhava mulheres em vestidos. de uma família de artistas (mãe, pai e irmão), francesca tinha noções sérias a respeito da arte e o que é considerado arte, que antes de tudo era um...
etéreo; volátil; fluido; sublime - aidan koch

etéreo; volátil; fluido; sublime – aidan koch

quantas vezes rebloguei trechos de quadrinhos da aidan koch no tumblr? inúmeras. só recentemente descobri que, além de ilustradora e desenhista-de-hq, ela também é baterista e cantora. os cheios e vazios de seus quadrinhos sempre me emocionam:
efemeridade e ouroboros - fernanda grizzo

efemeridade e ouroboros – fernanda grizzo

às vezes levamos um susto ao constatarmos que nem tudo que gostamos ou queremos fazer precisa estar vinculado diretamente com “ganhar dinheiro” – quantos projetos pessoais você deixou de lado por achar que não valia a pena porque não traria algum tipo de retorno financeiro? às vezes temos a oportunidade...
bolo de chocolate e a melhor vodka - débora berté

bolo de chocolate e a melhor vodka – débora berté

há tempos que quero fazer uma entrevista com a débora berté, porque além de ser alguém que admiro e acho que sempre tem idéias interessantes, eu e a debys nos conhecemos ainda adolescentes e conseguimos manter o contato e a forte identificação. eu fico muito orgulhosa de ver ela crescendo...
EMPALAGARME DE MAR - Mariana Pacho Lopez

EMPALAGARME DE MAR – Mariana Pacho Lopez

Mariana Pacho López é fotógrafa marplatense radicada em Buenos Aires. Sua história com a fotografia começou em 2006 e vem se cristalizando ano após ano. É um dos trabalhos mais sensíveis e interessantes para se ver e acompanhar. Aqui, reproduzo alguns trechos de nossa conversa, realizada em setembro deste ano no...
CONTRARRECUERDO - Violeta Gonzalez

CONTRARRECUERDO – Violeta Gonzalez

Viole, artista colombiana radicada em Buenos Aires está lançando sua primeira mostra individual, Contrarrecuerdo, uma mescla de textos e fotografias, na galeria Áurea, no Patio del Liceo, um reduto de galerias jovens e interessantes. Por suas próprias palavras: “Que simples são as coisas quando se cala. Quando o silêncio cobre...
eri wakiyama - the mermaid

eri wakiyama – the mermaid

frequentemente, os desenhos de eri wakiyama fazem referência a croquis, desenhos rápidos feitos por estilistas e ilustradores de moda que precisam expressar visualmente de modo claro e objetivo toda a parte estética e “atmosférica” em concepções de vestuários.
quase - mariana t. k.

quase – mariana t. k.

minha relação com o desenho foi sempre assim, de amor+ódio, de amoródio, de ódiamor. me lembro de rostos sorridentes dizendo que deveria ser desenhista quando crescesse, de ter meu caderno tirado das minhas mãos e percorrendo a classe inteira, me fazendo me encolher de vergonha. também de copiar desenhos, sobretudo...
entrevista manuscrita #2 - mariana t. k.

entrevista manuscrita #2 – mariana t. k.

como vocês viram aqui, o projeto da mariana t. k. — que consiste em entrevistar pessoas selecionadas por ela, escrever tudo à mão e ter as respostas escritas à mão também — ia continuar e continua! a parte #2 do projeto, dessa vez, em resposta, são perguntas que eu fiz à ela. a mari comentou...
freudianismo - a história de sigmund freud

freudianismo – a história de sigmund freud

o ícone inspirador da frase “freud explica”, sigmund freud, o pai da psicanálise, foi uma das figuras mais revolucionárias e controversas do século XX. revolucionário por trazer à vida questões sobre a sexualidade infantil e controverso por essa ideia ter gerado repulsa e revolta aos médicos de sua época. entre...
realidades inventadas & desenhadas - maria herreros

realidades inventadas & desenhadas – maria herreros

a ilustradora e autora de comics, maria herreros, vive em valencia na espanha, e é graduada pela san carlos fine arts university. seu trabalho traz uma espécie de frescor irreverente em meio a tantos outros genéricos multiplicados e espalhados mundo afora.
strawberry milk - deborah turbeville & sarah moon

strawberry milk – deborah turbeville & sarah moon

um pouco atrasada nas notícias, fiquei sabendo da morte da fotógrafa deborah turbeville. deborah teve uma carreira longa ao lado de diane arbus e richard avedon. seu mundo etéreo, sua falta proposital de foco, suas modelos sempre perdidas nos anos 20, marcaram seu estilo, e é muito fácil reconhecer uma...
say yes to love - meredith graves

say yes to love – meredith graves

a meredith graves, assim como eu, tinha um livejournal através do qual eu acompanhava à distância seus anseios, frustrações e banalidades cotidianas, e me identificava. durante um bom tempo eu nunca mais ouvi falar dela; foi só depois da formação de sua banda de noise rock, o perfect pussy,
como o amanhecer - noelle piasetzki pt. 2

como o amanhecer – noelle piasetzki pt. 2

esta é a segunda parte da entrevista com a artista de curitiba, noelle piasetzki. enjoy!    
o jardim era ela - matheus chiaratti

o jardim era ela – matheus chiaratti

  Se a primavera fosse uma cor eu diria que é amarela. Amarelo solitário que desponta em uma tarde depois da tempestade, à gosto. Eu diria que o amarelo primaveril é um estrondo de força, é um amarelo cádmio e febril que estanca todo o cinza de todo ano.
leve - mariana t. k.

leve – mariana t. k.

um começo munidos de curiosidade pueril, os dedos procuram explorar as possibilidades de comunicação; tateiam a esmo à procura do outro. cutucam, chacoalham, seguram, apertam, indagam, pedem, chamam, apontam, encostam, coçam, apóiam, (...)
sobre vírgulas - ariádine menezes & ana montiel

sobre vírgulas – ariádine menezes & ana montiel

o trabalho de recorte de papéis da ariádine menezes é um daqueles que eu admiro mais pelo processo em si do que pelo próprio resultado. é um trabalho braçal meticuloso e extremamente detalhista, que permite facilmente imaginar que sirva a ela quase como uma meditação.
um abraço quentinho - mariana t. k.

um abraço quentinho – mariana t. k.

minhas lembranças daqueles tempos no japão são fragmentos difusos & opacos, cenas que às vezes revivo mentalmente, vindas provavelmente por meio das fotos e dos vídeos revistos várias vezes depois da nossa volta pra cá. como é de se imaginar, muitas vezes acabo achando que é tudo obra da minha...
cores e flores - mallory rose

cores e flores – mallory rose

não sei quando foi a primeira vez que vi algum trabalho da mallory rose, californiana cujos desenhos são sempre bem detalhados e “realistas”. na verdade, esse tipo de desenho não costuma me atrair, na verdade. o que me fez segui-la no instagram ou no tumblr foram os fragmentos de seu cotidiano, processo...
in progress - adelaide ivánova

in progress – adelaide ivánova

acompanho o blog da adelaide ivánova, pernambucana e atual habitante de berlim, desde a época dos finados conselhos da "dra. vodca".
uinverso

uinverso

conheçam as irmãs nadiuska & priscila furtado pela breve e fofa entrevista que fiz com elas.
home is where _____ is - inspirações para moradias

home is where _____ is – inspirações para moradias

“casa-lar-espaço-meu” virou um assunto pessoal recorrente desde que me arrisquei a morar sozinha fora de casa pela primeira vez, saindo da casa de meus avós, na zona norte de são paulo. além de demorar mais de 2h todos os dias tanto para chegar quanto para voltar da faculdade, lá eu...
psicose polanskiana - repulsion

psicose polanskiana – repulsion

através da genialidade, excentricidade e obscuridade de roman polanski, juntamente com a versatilidade, expressividade e talento de catherine deneuve, mergulhamos de cabeça no mundo psicótico de carol, personagem do filme repulsa ao sexo de 1965.  
bardot & a libertação sexual da mulher, por simone de beauvoir

bardot & a libertação sexual da mulher, por simone de beauvoir

em "brigitte bardot & the lolita syndrome" aprendemos com simone de beauvoir a interpretar o papel do ícone BB no feminismo e na libertação sexual da mulher. texto por natalia mello e tradução por maria thereza moss.
isadora gomez

isadora gomez

isadora gomez é fotógrafa de natal.  
lembretes-memória-recados - wasted rita

lembretes-memória-recados – wasted rita

rita gomes é wasted rita, nascida em 1988 em lisboa, onde vive e trabalha como designer gráfica e ilustradora. sua descrição no instagram diz "emotional terrorist & agent provocateur". tem um blog chamado rita bored, onde publica suas frases e desenhos.
com as mãos e o coração: capotinhos & renata miwa

com as mãos e o coração: capotinhos & renata miwa

a renata e a natasha talvez não saibam, mas eu as acompanho virtualmente há alguns anos, separadamente, em meio a traços e rabiscos. minha surpresa foi grande e empolgante ao descobrir que as duas estavam mergulhando na cerâmica.
VIOLE - Violeta Gonzalez

VIOLE – Violeta Gonzalez

  Violeta Gonzalez é uma estudante de arte de 21 anos. Nascida na Colombia, atualmente mora em Buenos Aires. Compartilhamos aqui poesias e rascunhos feitos com doçura e um olhar vivo. Apreciem.
au miroir - "selfie" confidence

au miroir – “selfie” confidence

retratadas limitadamente pelo olhar de artistas masculinos desde o renascentismo, as mulheres nos anos 1920 começaram a se fotografar na busca por uma nova identidade e liberdade de expressão. procuravam uma imagem que condissesse mais com os novos tempos e com a sua cada vez maior independência.
eye candy -  ivonna buenrostro

eye candy – ivonna buenrostro

se eu pudesse me transformar em uma ilustração, com certeza gostaria de ser uma das meninas que saíram das mãos da mexicana ivonna buenrostro: coloridas, destemidas, misteriosas, um tanto entediadas e melancólicas. acompanhadas de frases como "badass friends forever", "proud pussy", "nap queen" e "keep it scary"...
10 filmes que inspiram a transição à vida adulta feminina - natalia mello

10 filmes que inspiram a transição à vida adulta feminina – natalia mello

aqui segue uma lista com 10 filmes sobre personagens em busca de suas próprias respostas, criadas em volta de uma honestidade atemporal, assim esperamos, que traduzem um pouco o desafio de crescer e desenvolver uma vida que seja nossa, na mistura de expectativas da nossa geração, de outras gerações, dos...
bonjour, johanna tagada

bonjour, johanna tagada

johanna tagada, nascida na frança, se autodenomina "artista interdisciplinar, pintora abstrata e viajante". seu repertório visual mescla pinceladas de cor, fotografias analógicas lindíssimas e muitos tons pastéis.
(des)costurando - hermine van dijck

(des)costurando – hermine van dijck

hermine van dijck é designer têxtil, vive na bélgica e seu blog caiu no meu reader faz algum tempo. mais do que me sentir atraída por seus trabalhos de tecelagem, cheios de cores e formas, o difícil é deixar de me instigar pelos seus registros fotográficos do processo artístico/criativo, em...
entrevista manuscrita #8 - juliana lois

entrevista manuscrita #8 – juliana lois

a mariana tiemi k. entrevista juliana lois, na volta às entrevistas manuscritas!
viviane sassen

viviane sassen

o primeiro detalhe que notamos nas fotografias da viviane sassen é a cor, há sempre muita cor. suas fotos parecem pintadas meticulosamente e o uso da luz é de esmagar. a mesclagem do documentário com a moda é muito natural.
let me sing you a waltz, about this one night stand - before midnight

let me sing you a waltz, about this one night stand – before midnight

como fã, acompanhar o crescimento dos personagens é um prazer enorme. é tão notável como a celine continua a mesma, mais maternal, mas ainda neurótica e extremamente charmosa. jesse continua como a celine mesma diz no filme, um adolescente no coração, levando tudo com humor e energia.
entrevista manuscrita #4 - ísis daou

entrevista manuscrita #4 – ísis daou

que difícil escrever essa introdução! a isis daou é uma amiga queridíssima que conheço, admiro e adoro muito já há mais de dez anos, acredito eu. quando a conheci, vivíamos num universo recheado por blogs pessoais e posts dramáticos no livejournal & no tabulas. também pelo fotolog, é claro. tínhamos apelidos internéticos...
i was trying to describe you to someone

i was trying to describe you to someone

"I was trying to describe you to someone a few days ago. You don’t look like any girl I've ever seen before...
bardot & a libertação sexual da mulher, por simone de beauvoir
em "brigitte bardot & the lolita syndrome" aprendemos com simone de beauvoir a interpretar o papel do ícone BB no feminismo e na libertação sexual da mulher. texto por natalia mello e tradução por maria thereza moss.
Read more.
com as mãos e o coração: capotinhos & renata miwa
a renata e a natasha talvez não saibam, mas eu as acompanho virtualmente há alguns anos, separadamente, em meio a traços e rabiscos. minha surpresa foi grande e empolgante ao descobrir que as duas estavam mergulhando na cerâmica.
Read more.
efemeridade e ouroboros – fernanda grizzo
às vezes levamos um susto ao constatarmos que nem tudo que gostamos ou queremos fazer precisa estar vinculado diretamente com “ganhar dinheiro” – quantos projetos pessoais você deixou de lado por achar que não valia a pena porque não traria
Read more.
sabrina gevaerd
entrevista com a sabrina gevaerd que mora em brusque e é designer desde 2010. não pude deixar de me apaixonar pelas mulheres de seus desenhos, sempre tão livres sexualmente, envoltas em uma aura colorida & florida de prazer e sisterhood.
Read more.
entrevista manuscrita #8 – juliana lois
a mariana tiemi k. entrevista juliana lois, na volta às entrevistas manuscritas!
Read more.
mariana t. k. natalia sanabria de mello
duas meninas trocam e-mails por 9 anos
…e resolvem fazer uma entrevista de 20 perguntas uma com a outra, só por diversão, falando sobre nossa geração, desejos internos, futilidades essenciais.
Read more.
wasted rita
lembretes-memória-recados – wasted rita
rita gomes é wasted rita, nascida em 1988 em lisboa, onde vive e trabalha como designer gráfica e ilustradora. sua descrição no instagram diz "emotional terrorist & agent provocateur". tem um blog chamado rita bored, onde publica suas frases e
Read more.
maria herreros
realidades inventadas & desenhadas – maria herreros
a ilustradora e autora de comics, maria herreros, vive em valencia na espanha, e é graduada pela san carlos fine arts university. seu trabalho traz uma espécie de frescor irreverente em meio a tantos outros genéricos multiplicados e espalhados mundo
Read more.
cosmos, glitter & muito amô – bárbara malagoli
bárbara malagoli, ou baby.c, é brasileira e atualmente trabalha como diretora de arte e ilustradora. acompanho seus trabalhos há algum tempo, e nunca deixo de me impressionar com as cores e formas que dão vida a vibrantes, dançantes e incríveis
Read more.
a word after a word after a word is power – sofia soter
a capitolina inaugurou um espaço amigável para reflexões sobre os mais diversos assuntos, agrupados em temas mensais, e vem crescendo cada vez mais. uma das responsáveis por tudo isso é a sofia soter, editora geral da revista, carioca, fazedora-de-múltiplas-coisas-lindas-ao-mesmo-tempo, que
Read more.