foto do filme before sunset

 

para começar, queria que mais diretores tivessem a precisão e o talento que o richard linklater tem em escrever e dirigir diálogos. pouquíssimos filmes tem o ritmo e a fluidez das conversas de before midnight. provavelmente, o traço mais marcante da trilogia de before sunrise são os longos debates de celine e jesse. é um dos únicos filmes que não cansa a platéia em demonstrar como um homem e uma mulher realmente se comunicam. sem cortes, sem músicas dramáticas de fundo e sombras de beijo. o romance da vida real sem artifícios.
e quem mais entende de true love (dando ênfase aqui no true, de real mesmo) do que uma das histórias de amor mais prestigiadas e aguardadas do cinema?

como fã, acompanhar o crescimento dos personagens é um prazer enorme. é tão notável como a celine continua a mesma, mais maternal, mas ainda neurótica e extremamente charmosa. jesse continua como a celine mesma diz no filme, um adolescente no coração, levando tudo com humor e energia. a gente entende porquê eles se apaixonaram, e ainda bem que o linklater manteve eles juntos depois do before sunset. ainda há esperança para o resto de nós!

 

before sunrise foto do filme before midnight

 

a progressão dos personagens é muito natural e a sensação não é de assistir um filme sobre pessoas de quem não temos noticias há anos, não parece que perdemos nada. celine e jesse são aqueles amigos da faculdade, por quem você secretamente torcia (mas não queria dizer para eles, pra não soar muito brega) e fica enormemente feliz em saber que no final eles ficaram juntos. pense em quantos seriados, em uma “temporadazinha”, não conseguem te doar isso? você passa para outra temporada, e oi? quem são essas pessoas? aqui há um hiato de 9 anos entre todos os filmes.

esse é um projeto que deu tão certo que a gente sente o amor dos envolvidos por ele. o before sunrise foi escrito pelo richard linklater e kim krizan, e então julie delpy e ethan hawke embarcam no filme sem ter ideia do impacto cultural que ele vai causar. já no before sunset os atores do casal finalmente colaboram no script. entendo que depois de adquirir intimidade com os protagonistas da história, fique impossível não se envolver na criação e não imaginar, instintivamente, onde eles vão estar em alguns anos. isso fica evidente no before midnight, onde não vemos mais um filme de richard linklater, e sim de linklater, delpy e hawke.

 

foto do filme before sunrise

 

i always feel like a freak because i’m never able to move on like… this! you know. people just have an affair, or even… entire relationships… they break up and they forget! they move on like they would have changed a brand of cereals! i feel i was never able to forget anyone i’ve been with. because each person have… you know, specific qualities. you can never replace anyone. what is lost is lost. each relationship, when it ends, really damages me. i haven’t fully recovered. that’s why i’m very careful with getting involved, because… it hurts too much! even getting laid! i actually don’t do that… i will miss of the person the most mundane things. (…) i see in them little details, so specific to each other, that move me, and that i miss, and… will always miss. you can never replace anyone, because everyone is made of such beautiful specific details. like i remember the way… your beard has a little bit of red in it. and how the sun was making it glow that… that morning, right before you left. i remember that, and… i missed it!
(celine em before sunset)

tá muito cedo pra pedir outro filme com eles já velhinhos? os amantes precisam!

 

before sunrise 7

 

por natalia mello