"natalia sanabria de mello"

bardot & a libertação sexual da mulher, por simone de beauvoir

quando eu era mais nova, a sensualidade “excessiva” da brigitte bardot me incomodava. queria dialogar outras realidades sobre mulheres; queria o humor e a confiança da katharine hepburn, a guitarra e a provocação da pj harvey. agora mais velha tento buscar entender com mais compaixão; quem é a mulher que, como dizem os tablóides, “descartava” homens quando queria? que tentou suicídio várias vezes? que abandonou um filho e um casamento para ser livre e viver em uma mansão na praia cercada por animais?

 

brigitte bardot simone de beauvoir

MORE

sabrina gevaerd

sabrina gevaerd

 

sabrina gevaerd mora em brusque, santa catarina, começou a trabalhar com design em 2010, mas com o autoral só em 2015. assim que o trabalho dela apareceu pra mim por redes sociais, não pude deixar de me apaixonar pelas mulheres de seus desenhos, sempre tão livres sexualmente, envoltas em uma aura colorida & florida de prazer e sisterhood.

MORE

duas meninas trocam e-mails por 9 anos

…e resolvem fazer uma entrevista de 20 perguntas uma com a outra, só por diversão, falando sobre nossa geração, desejos internos, futilidades essenciais.

MORE

uinverso

no mundo online em que vivemos, não é só pelas criações artísticas em si que nos apaixonamos, mas também, por todo o ambiente que acompanha as criações, as documentações do processo criativo, os momentos de ócio. assim também é com o universo do uinverso, do qual sou muito fã, com seus desenhos delicados, tropicalismo e musas registradas tão bem pelo lápis que fico com vontade de conhecê-las pessoalmente. é lindo acompanhar as luzes das fotografias, os ângulos, as molduras, o cuidado especial.
conheçam as irmãs nadiuska & priscila furtado pela breve e fofa entrevista que fiz com elas.

 

(todas as fotos a seguir são de autoria/acervo do uinverso)

 

 

uinverso uinverso

MORE

my bloody valentine & a psique feminina

a primeira informação que recebemos quando começamos a estudar psicologia é a de que tudo é sobre o inconsciente. tudo é sobre o oprimido, o reprimido, o não dito e o não feito. a psicodelia não é somente sobre se desligar, é um conceito sobre o não cerebral, o não racionalizado, a parte em todos nós que não é influenciada pelo consciente, logo, não sofre culpa ou censura.

 

my bloody valentine

MORE

como o amanhecer – noelle piasetzki pt. 1

 

P10208242

noelle piasetzki natalia sanabria de mello

 

 

Uma vez perguntaram ao Picasso o significado de suas pinturas. Ele disse, ‘Você sabe o que os pássaros cantam? Você não sabe. Mas você os escuta mesmo assim.’ Então, às vezes com arte, o importante é apenas olhar.
Marina Abramović

MORE

10 filmes que inspiram a transição à vida adulta feminina – natalia mello

no livro cartas a um jovem poeta de rainer maria rilke, o poeta alemão diz “seja paciente com tudo o que não está resolvido em seu coração. tente amar as próprias interrogações, como se fossem quartos trancados ou livros escritos num idioma estrangeiro. não procure agora as respostas que não podem ser dadas, pois você não seria capaz de vivê-las. e o importante é viver tudo. por enquanto, apenas viva as perguntas. talvez então, pouco a pouco, sem mesmo perceber, você possa, em um dia distante, conviver com as respostas”.

aqui segue uma lista com 10 filmes sobre personagens em busca de suas próprias respostas, criadas em volta de uma honestidade atemporal, assim esperamos, que traduzem um pouco o desafio de crescer e desenvolver uma vida que seja nossa, na mistura de expectativas da nossa geração, de outras gerações, dos limites e liberdades que ajudam e confundem.

a lista não segue ordem e o objetivo não é tanto apresentar filmes que a maioria não viu, e sim, mencionar aqueles que se aplicam bem ao tema.

 

1. my brilliant career / sybylla melvyn / 1979

 

still do filme my brilliant career natalia sanabria de mello

MORE

entrevista manuscrita #2 – mariana t. k.

como vocês viram aqui, o projeto da mariana t. k. — que consiste em entrevistar pessoas selecionadas por ela, escrever tudo à mão e ter as respostas escritas à mão também — ia continuar e continua!
a parte #2 do projeto, dessa vez, em resposta, são perguntas que eu fiz à ela. a mari comentou comigo que foi um pouco difícil responder a entrevista e achei engraçado como só percebi agora, que de fato, tenho costume de fazer perguntas difíceis em entrevistas. talvez seja porque, inconscientemente, as perguntas difíceis são as que pergunto sobre mim mesma e fico curiosa em saber como é para outras pessoas. já no meu caso, achei bem fácil responder a entrevista dela, talvez porque fui cobaia (risos) e ela não quis me assustar. finalizando, mesmo que tenha sido um pouco difícil responder às perguntas, achei as respostas dela muito interessantes e vocês vão ver — um pouco — porque acho a mari incrível.

 

entrevista manuscrita entre natalia sanabria de mello e mariana t.k.

MORE

entrevista manuscrita – natalia mello

os mais próximos de mim sabem o quanto uma carta, um bilhete manuscrito me fazem tremer de emoção – e sei que não sou a única. já estava pensando há tempos em como trazer isso pra cá e acho que finalmente encontrei um viés. gosto da ideia da demora, do processo e, claro, da mão encostando no papel e escrevendo, escrevendo, escrevendo. também me atrai a estética, o resultado visual que o projeto possibilita, tornando a conversa muito mais pessoal e até, íntima.

nesse projeto, escrevo manualmente as perguntas já pensando em quem vai respondê-las, escaneio, envio por e-mail pra pessoa que vai responder no papel impresso e escanear para me enviar de volta; eu sei, é muito trabalhoso, e esse foi um dos motivos que sempre me fizeram adiar a tentativa que, agora, reproduzimos aqui embaixo (afinal, o que custa experimentar, não é?).

essa primeira experimentação foi de perguntas feitas para a nati, criadora & editora do baby tears.
enjoy ;)

ps.: quaisquer sugestões, críticas e vontades de colaboração são super bem vindas! não se acanhem, o projeto é nosso! ♥   entrevista manuscrita entre natalia sanabria de mello e mariana t.k.

MORE

delicadezas de ana kraš

1
ana kraš é designer, ilustradora, fotógrafa, sérvia e casada com o devendra banhart.
vou falar sobre o trabalho dela como fotógrafa e designer de móveis.
ana é a inspiração em pessoa.

 

retrato de ana kras para missoni

ana para missoni

MORE