no mundo online em que vivemos, não é só pelas criações artísticas em si que nos apaixonamos, mas também, por todo o ambiente que acompanha as criações, as documentações do processo criativo, os momentos de ócio. assim também é com o universo do uinverso, do qual sou muito fã, com seus desenhos delicados, tropicalismo e musas registradas tão bem pelo lápis que fico com vontade de conhecê-las pessoalmente. é lindo acompanhar as luzes das fotografias, os ângulos, as molduras, o cuidado especial.
conheçam as irmãs nadiuska & priscila furtado pela breve e fofa entrevista que fiz com elas.

 

(todas as fotos a seguir são de autoria/acervo do uinverso)

 

 

uinverso uinverso

o mundo do uinverso vive muito em ligação com um momento na arte e no design, que é voltado para a natureza, o tropical. até o nome da parceria de vocês evoca isso para mim. vocês poderiam falar sobre como o ambiente em que vocês vivem (elas moram em fortaleza) influencia a visão artística?

N: Não gostamos de pôr limites quando vamos criar, então o universo foi um bom ponto de partida. Buscamos sempre aquilo que nos faz bem, na maioria das vezes, então acaba sendo inevitável esse ambiente de folhagens que levamos de casa para os desenhos.
P: Acredito que as respostas sempre estarão na natureza. O ser humano é questionador, cheio de dúvidas e incertezas, já a natureza parece ser tão bem resolvida, perfeita. Gosto desse contraste.

 

uinverso
uinverso

 

eu li em uma entrevista que vocês voltaram a desenhar depois de adultas, o que achei bem interessante. como foi voltar a exercitar uma atividade da época de criança? 

N: Ainda me sinto desenhando como uma criança. Não cheguei bem onde quero, tudo parece um grande exercício e experimentos. Mas gosto do torto e inacabado.
P:  O design foi o que acabou levando a gente a voltar a desenhar, começou como um complemento e hoje é uma necessidade. O fato de poder contar uma história, sentimento ou sensação através de texturas, cores e formas, é fascinante.

 

uinversotumblr_negg7rzrL31rzsac1o1_500

 

como é trabalhar em dupla?

É divertido e frustrante, às vezes. Haha.
A parte boa é ter a intimidade de falar o que pensa e exigir o melhor uma da outra. A parte ruim também é essa.

 

uinversouinverso

 

como é o dia perfeito para desenhar? 
N: Qualquer dia desenhando é bem perfeito, sabe. Ter que lidar com tudo acaba diminuindo esses dias em horas. Mas se for para escolher, uma manhã nublada e isolada da rotina, acompanhada de café é bem melhor.
P: …e sem outras responsabilidades.

 

uinverso uinverso

 

artistas brasileiros favoritos?
Gostamos muito de inspirações local. Como a arte naif do Cariri, com representações de folclore que me assustava quando criança. Gosto da contradição e eles têm muito disso. Mas inspiração vem de todas as áreas, como da fotografia do Sebastião Salgado, As construções da Lina Bo Bardi no Brasil, arte de rua dos gêmeos… Não importa muito a nacionalidade de quem faz. Gostamos tanto de grandes nomes, como de pessoas anônimas que fazem por que gostam. Dá para ver alguns no tumblr do uinverso.

 

Lina-Bo-Bardi

lina bo bardi

uinversotumblr_ncqnvlXnwP1rtzf2go1_r1_1280

 

momento bonitinho: um conselho para meninas que estão começando a desenvolver um olhar artístico.

N: Nunca fui boa em conselhos mas da pouca experiência que temos, o que realmente percebi, é que ​não importa se você está no meio do nada e tudo parece distante e difícil, tente seguir o que te faz bem. E transforme qualquer medo em aventuras.
P: E  faça da sua vida somente sua, não se compare com nenhuma outra pessoa. Siga seu caminho fazendo o que te deixa feliz.

 

tumblr_nflx42NuLU1rtzf2go1_1280

uinverso uinversouinverso uinverso uinversotumblr_nfjz8aiiYU1rtzf2go2_r2_1280
uinverso

 

links
instagram
tumblr
shop

 

por natalia mello